Blog categorias

Categorias

Promoção Seven Day

Todo dia 7 de cada mês, uma oferta imbatível com um preço inacreditável para você!

Saiba mais

Newsletter

Como Escolher o Perfume Certo para Você!

0 Por: Visualizado: 553
Como Escolher o Perfume Certo para Você!


REGRA BÁSICA: INFORME-SE

Existe uma infinidade de perfumes no mercado e é impossível experimentar todos, o que poderia nos levar à conclusão de que a busca pelo perfume ideal é também infinita e impossível.

Mas esta conclusão não é verdadeira, pelo menos para quem está bem informado e preparado para a tarefa.

Por isso, a seguir você vai receber algumas dicas simples mas que valem ouro na hora de fazer uma boa compra.

A partir de hoje você não precisa mais sair por aí cheirando todos os perfumes da loja. Antes disso, faça um exercício de reflexão sobre qual perfume você está mais propenso a gostar.

Pense se você prefere os perfumes mais fortes ou mais fracos, os que tem maior fixação de tempo na pele ou menor, os mais exóticos ou os mais tradicionais, ou então quais tipos de ingredientes você gosta mais, tais como os derivados de madeiras, de flores, artificiais ou naturais, essências do oriente ou de climas mais tropicais.


Passo n° 1: Escolha a intensidade do perfume

Sobre a intensidade dos perfumes, se têm cheiros mais fortes ou mais fracos e o tempo de fixação na pele, você precisa saber a diferença entre Parfum, Eau de Parfum, Eau de Toilete ou Eau de Cologne.

A diferença na densidade do cheiro dos perfumes é justamente o significado da classificação dos perfumes em Parfum, Eau de Parfum, Eau de Toilette ou Eau de Cologne, os quais representam respectivamente essências muito fortes, fortes, médias e suaves.

Se você quer uma fragrância realmente forte, deve procurar por perfumes da classe Parfum, que tem de 15% a 40% de essência na sua composição. Por possuírem essências em maior quantidade (menos água ou outros solventes), são também mais caros.

Um odor um pouco menos forte você pode encontrar nos perfumes Eau de Parfum, que possuem de 10% a 15% de essência.

Em seguida vem o Eau de Toilette, cuja essência de 5% a 10% da composição o coloca numa posição mediana, nem tão forte e nem tão fraco. É uma classe que é facilmente encontrada no mercado brasileiro, principalmente por combinar com nosso clima tropical.

Por último, o tipo de fragrância mais suave é o Eau de Cologne, com essência de 2% a 5% da composição. É um tipo de perfume que pode ser passado mais vezes ao dia e em maior quantidade.

Para saber mais sobre essa classificação, visite nosso artigo A Diferença entre Eau de Parfum, de Toilette, de Cologne, e Parfum (Perfume).


Passo n° 2: Descubra quais os seus cheiros preferidos

Este segundo passo é baseado nas suas preferências sobre os ingredientes que compõem as fragrâncias, onde está a importância de conhecer a classificação dos perfumes em famílias olfativas.

Michael Edwards, conhecido como o expert dos experts, é o criador da Roda dos Perfumes, figura que ilustra a existência de 4 grandes grupos de famílias olfativas (Notas Florais, Notas Orientais, Notas Amadeiradas e Notas Frescas) subdivididas em outras 14 pequenas famílias olfativas.

Ou seja, todos os perfumes podem ser classificados dentro de 4 famílias olfativas (ou 14 subfamílias olfativas), com a separação feita com base nas suas composições.

As características parecidas de determinados perfumes servem de parâmetro para que eles sejam incluídos dentro de um mesmo grupo de família olfativa.

Por exemplo, os perfumes que possuem na sua composição resinas orientais, flores opulentas, baunilha e almíscar serão geralmente considerados como pertencentes à família olfativa Oriental/Oriental (grande família Oriental e pequena família de mesmo nome).

De acordo com Edwards, as pessoas vão sempre gostar de uma ou no máximo duas dentre as 14 subfamílias olfativas de perfumes existentes.

Para conhecer mais sobre as famílias olfativas, visite nosso artigo sobre As 14 Famílias Olfativas de Perfumes.

Conhecer um pouco sobre as famílias olfativas é crucial para se descobrir de início quais os tipos de perfumes você deve dedicar seu tempo para provar.

Se o usuário não gostar do cheiro de citrus e lavanda, por exemplo, não deve perder tempo provando os perfumes da subfamília Aromático Fougère, da grande família olfativa das Notas Frescas.

Comece descobrindo qual das 4 grandes famílias olfativas mais lhe agradam e então passe a analisar as suas respectivas subfamílias olfativas, até encontrar qual das 14 subfamílias olfativas mais combina com sua pele e sua personalidade.

Resumindo, conheça a sua subfamília olfativa preferida e evite perder tempo experimentando notas olfativas que não combinam com seu gosto e isto lhe reservará tempo de sobra para se aventurar em experiências mais prazerosas.


Passo n° 3: Experimentar

Depois de escolher a intensidade do seu perfume e descobrir qual família olfativa mais lhe dá prazer, as opções de perfumes deixam de ser infinitas e encontrar o perfume perfeito fica mais fácil.

Então chega a hora mais prazerosa: experimentar somente os perfumes da intensidade e família olfativa que você escolheu.

Apesar de ser uma tarefa agradável, exige alguns cuidados.

A perfumista francesa Nadège Le Garlantezec, em entrevista à revista Marie Claire, diz que antes de comprar qualquer perfume ele deve ser experimenta na pele, pois as essências podem ter um cheiro dentro do frasco e um diferente fora do frasco, variando a cada tipo de pele.

É importante que no momento de borrifar o perfume haja uma inspiração livre de qualquer interrupção ou ofegância, para que seja possível a percepção dos três grupos de notas da fragrância: nas notas de cabeça, notas de coração e notas de fundo. Talvez nem todas estas notas sejam sentidas por todos, principalmente por narizes não treinados, mas analisar com calma a essência é um passo importante.

Alguns especialistas sugerem que primeiro se sinta o perfume no cartão, depois de uns 5 minutos se cheire novamente no cartão e somente depois disso se aplique sobre a pele, para ver se o odor ainda parece presente e agradável.

Também é importante que não se experimente muitos perfumes de uma vez só, pois o olfato acaba por se confundir.

É preciso ainda, se for possível, experimentá-lo no seu dia-a-dia, pois somente assim se saberá qual o comportamento do perfume após longas horas de uso, qual o cheiro que deixa nas roupas, qual a reação com a umidade e suor e até mesmo a reação que causa nas outras pessoas.

Depois de tudo isso,certamente você encontrará ou chegará muito próximo de encontrar o perfume certo para você.


ACEITE O DESAFIO!

Lembre-se, gostar ou não gostar de uma fragrância é algo muito pessoal e não existem respostas prontas de qual você vai gostar.

Por isso que é necessário estar bem informado, conhecer os diversos tipos de perfumes e principalmente se autoconhecer, para então alcançar um leque menor de opções e a escolha ficar mais fácil, rápida e prazerosa.

Não podemos esconder que é uma tarefa difícil, mas que certamente valerá o esforço. Com razão Michael Edwards quando diz que, assim como a maioria das coisas boas, é necessário esforço para se encontrar um novo perfume que valha a pena.

Aceite o desafio e tente encontrar a fragrância que é a sua cara.

Deixe-nos saber das suas experiências e opiniões nos comentários abaixo. E se gostou da matéria, compartilhe com seus amigos!

Comentários

Escrever comentário

Formas de pagamento

  • PagSeguro
  • Visa
  • MasterCard
  • American Express
  • Elo
  • Diners Club
  • Discover
  • JCB
  • Aura
  • Bradesco
  • Banco do Brasil
  • Banco Itaú
  • Boleto Bancário

Segurança e garantia

  • Certificado SSL Blindado
  • Selo de Garantia Adipec
  • Site Seguro Google
  • Nossa Reputação Reclame Aqui
Copyright © 2016 | Americos Importados e Nacionais - Todos os direitos reservados.
CNPJ: 24.816.959/0001-68 / Inscrição Estadual: 688.383.810.119 / Telefone: (12) 98309-0303 / Atendimento: contato@americos.com.br